top of page
  • Foto do escritorFelipe Alecrim

Você não precisa tentar agradar todo mundo e sim se importar com todo mundo


Por mais que tenha boas intenções, se teu objetivo for agradar a todos, eu garanto que teu discurso vai soar raso e falso. E isso vai te enlouquecer.


O título é auto explicativo e também auto reflexivo. Existe uma diferença enorme em liderar (ou ser liderado) com o foco de tentar agradar todo mundo versus a preocupação, o discurso e principalmente as ações que demonstrem que você se importa com todo mundo.

Comunicados ruins, feedbacks negativos (dar e receber), correções de rota e momentos de crise fazem parte da vida de cada um e passar por tudo isso é absolutamente normal.


Mas a comunicação tende a ficar muito mais assertiva e transparente a partir do momento que você se preocupa com discursos e ações empáticas, para que o time entenda todos os "porquês" que envolvem as tomadas de decisão. Agradar todo mundo é fora de cogitação, não tem como ter esse objetivo. Cada pessoa tem seus objetivos e decisões corporativas, muitas vezes caminham contra nossos valores pessoais e nossos desejos de evolução, faz parte do jogo. A empresa diz que todos estamos no mesmo barco, mas na verdade às vezes, estamos até em mares diferentes.


Por isso que eu julgo extremamente importante que os discursos sejam sempre transparentes, que as ações coloquem as pessoas sempre à frente da equação e todo o resto seja consequência a ser atingida, inclusive para que a instituição evolua.


Se importar com todo mundo é exercer de forma efetiva a sua empatia, para que o time entenda o valor de ser ouvido e perceba principalmente as ações que demonstram um líder preocupado com o bem estar de todos. Mesmo que as notícias não sejam sempre positivas, mesmo que os direcionamentos sejam "top down", mesmo que as crises cheguem, nada nos impede de nos importarmos com o outro. Nada nos impede de colocarmos energia e dedicação para entregar ao time uma palavra tão popular que se perdeu em seu real significado: SUPORTE. Assim como diz o dicionário: "Aquilo que auxilia ou reforça, reforço, apoio".


Se importar com as pessoas pode trazer definitivamente cada um do time pra perto de ti. É assim que geramos engajamento e empoderamento. Quando realmente entregamos a cada um, ações e ferramentas que demonstrem apoio, que explique os porquês, que direcione, que gere reflexão e consequentemente ação.


E a consequência de tudo isso é a potencialização coletiva, tanto do time quanto da corporação. Afinal de contas, existe o erro individual, mas não existe acerto individual. O acerto está sempre ligado a um processo realizado em grupo.


Portanto, que a reflexão seja válida para que todos nós (líderes ou liderados) deixemos de lado o objetivo de tentar agradar a todos e passemos a buscar ferramentas para que nossos discursos ganhem peso, sustentação e profundidade e para que as nossas ações sejam cada dia mais empáticas, sempre se importando com o próximo.


Junte as tuas boas intenções, para que seu real objetivo seja importar com todos, demonstrar e exercer isso. E aí sim, eu garanto que seu discurso vai ser ouvido e tuas ações valorizadas. E teu sono, muito mais leve.

Comments


bottom of page