top of page
  • Foto do escritorFelipe Alecrim

#11_Titãs | Encontro - São Paulo 2023

Atualizado: 3 de set. de 2023


"A maior banda de Rock BR da história!"


O Cuba Jones detesta essas manchetes, perdão Cubeta kkkkkk, mas não tem como não dizer isso.

Eu sei que tem o Paralamas, RPM, Ira, Capital e Legião… Eu amo o Barão e o Humberto (Engenheiros) e tal… mas não tem como, a nível de grandeza, legado, hits e atemporalidade…



O Titãs é a maior (não "melhor", porque aí é gosto rs) banda de rock nacional da história!


A friaaaaca noite de domingo, 18 de junho de 2023 vai ficar marcada no coraçãozinho das mais de 50 mil pessoas presentes no Allianz Parque, TEMPLO SAGRADO DO PALESTRA. Citando, inclusive que o domingo foi o último de uma sequência de 3 shows seguidos, completamente esgotados, portanto num único final de semana, mais de 150 mil pessoas presenciaram um momento absolutamente histórico que foi a tour "Encontro - Todos os mesmo tempo e agora" que reuniu a formação clássica dos Titãs.


Tive a chance de estar lá, sempre muito bem acompanhado de Thatóla, minha bruxa.


Nessa resenha, ao invés de ficar aqui falando obviedades sobre o tamanho da história dos Titãs e como a banda escreveu sua trajetória, (fatos que você pode achar em várias outras resenhas de cunho mais jornalístico), quero falar sobre o que vi no público, na galera mesmo, durante o show.


"Nunca vi tanto velho maluco junto", foi o resumo da Thaisa kkkkkkk.


Esse comentário veio da forma mais positiva possível. Obviamente, ninguém precisa/deve se preocupar com a idade que tem pra curtir a vida e se jogar de corpo e alma nas coisas que gosta. E foi exatamente isso que presenciamos no show.


Um público bem mais velho que aproveitou, curtiu, se esbaldou, se jogou e saiu do Allianz com a alma lavada. Uma diferença enorme entre gerações, cada uma curtindo o rolê da forma que bem entender.


Eu curto demais hard rock e isso me faz gostar das bandas dos anos 70 e 80, então já fui em shows do Aerosmith, Kiss, Deep Purple, Scorpions, Motley Crue, Def Leppard, Whitesnake e mais alguns. Mas, nunca tinha presenciado algo parecido como vi no Titãs. A galera realmente deu uma aula de como curtir o rolê. Poucas pessoas se preocupando em gravar o show pelo celular, galera sem nenhuma vergonha ou timidez de dançar e cantar hit após hit a plenos pulmões!


A impressão real era que todo mundo ali estava se sentindo livre e representado, a partir de uma banda lendária e icônica que marcou a vida de muuuuita gente, além de ver dezenas dessas pessoas levando seus filhos, sobrinhos, netos e etc para compartilhar desse momento e passar de forma hereditária essa paixão pelo Rock`n Roll, pela música e pelos Titãs.


Confesso que ver isso de perto me deixou com o coração bem feliz, porque ali eu me vi daqui uns 20 anos, quando tiver 50, ainda vendo shows da Fresno, Nx CPM, Detonautas e relembrando minha adolescência sem me importar (pra não dizer cagando e andando) com possíveis julgamentos alheios.


E sobre o show, bom… não tem o que dizer. Ou na verdade, é dizer o óbvio.

O Titãs é uma puta banda FODA PRA CARALHO!


Charles Gavin na batera, Nando Reis no contrabaixo e vocais, Sérgio Brito nos teclados e vocais, Arnaldo Antunes UMA LENDA nos vocais, Tony Bellotto nas (várias) guitarras, Liminha, lendário produtor e integrante dos Mutantes, nas guitarras, Branco Mello um verdadeiro Rockstar, uma lenda viva, curado de um câncer na garganta e ainda entregando tudo nos vocais e contrabaixo. A bela homenagem ao eterno Marcelo Fromer, conduzida pela sua filha, Alice Fromer.

E por fim, meu titã favorito desde sempre, um artista completo, um dos maiores… Paulo Miklos.


O show vai do hard core do "Cabeça Dinossauro" até os hits das novelas, como "Enquanto houver sol" e "Epitáfio". Do Punk ao acústico, passando por Reggae, Ska e Pop Melódico.

E fechando com chave de ouro com meu hit favorito, "Sonífera Ilha".


Um túnel do tempo que também é atemporal pelas mensagens politizadas da época de ditadura militar, mas que se encaixam perfeitamente nos últimos 4 anos de governo do impronunciável.

(Ps. Foi MARAVILHOSO ver de perto as carinhas de gol contra dos apoiadores do Coiso nas palavras ditas pelo Nando Reis antes do hit "Nome aos Bois").


Uma noite mágica, completa e pra ninguém botar defeito.

Um dia eu vou poder contar aos meus filhos e netos que pude presenciar o show da maior banda de Rock`n Roll que esse país já viu.


Porque, sim…


O Titãs é a maior banda de Rock brasileiro da história!

Pela obra, obrigado.

Comments


bottom of page